terça-feira, 17 de dezembro de 2013

Dar certo na vida

Algumas pessoas me dizem que eu "não dou certo na vida" por que não acredito em Deus, não o amo sobre todas as coisas. Dar certo na vida pra essas pessoas é ter muito dinheiro e bens materiais.

Espera lá!!! Deus é uma espécie de prostituto?! Eu dou a ele amor ele me dá dinheiro!? É isso?

Eu particularmente, não nego, gostaria de estar melhor posicionado  financeiramente (mas não quero ter bilhões de dólares), e estudo, batalho para isso, mas definitivamente não me acho o fracassado que elas querem me fazer sentir. Vim de uma infância e família pobre, nunca fui rico, sempre batalhei muito para viver, me instruir, mas tenho saúde, vivo às minhas próprias custas, tenho casa, comida, um bom grau de instrução/educação/cultura, família, amigos, ajudo no que posso aos outros, sou também ajudado pelos outros, tenho uma inteligência mediana que me permite sobreviver com um mínimo de dignidade, discernimento e de me indignar com as injustiças do mundo e lutar com minhas armas para tentar reduzi-las, inclusive alertando às pessoas da inutilidade e perigos das crenças em seres imaginários que não nos protegem e nem intervem a nosso favor ou contra. 

Da mesma forma que religiosos acham que estão fazendo o bem tentando espalhar e introduzir suas crenças religiosas ao maior numero de pessoas, eu também acredito que faço o bem ao buscar levar o maior número de pessoas a perceberem que não há seres superiores nenhum nos auxiliando, zelando, intervindo, punindo ou premiando nenhum de nós. Que esperar a ação de tal ser(es) é inútil, que somos nós quem nos ajudamos, nós é que iremos tornar esse mundo melhor ou pior, nós é que devemos buscar nos melhorarmos, nos educarmos, trabalharmos para o crescimento mútuo.

Tenho medo de pessoas que vivem na espera de uma justiça divina e não tomam nenhuma ação no sentido de melhorar a sua condição e a de seu próximo. Pessoas que creem que é tudo vontade de Deus. Então não vamos fazer nada, vamos ficar inertes, sendo levados pela "vontade de Deus". Afinal é tudo plano de Deus. Quem pode ir contra o plano de Deus? Se aquela criança da esquina passa fome, nada podemos fazer, né! Deus deve ter seus motivos para dar lhe uma vida tão miserável, não é!?

Não, eu não acredito nisso. Acho que nós temos o poder e o dever de agirmos para um mundo melhor, mais justo, digno à todos.
Sei que é meio utópico, não temos todo o poder que precisaríamos ter para consertar tudo, temos nossas limitações inclusive de caráter/personalidade, temos egoísmos, vaidades, frivolidades..., mas ao menos devemos ter consciência que nenhum ser superior fez, faz ou fará alguma coisa boa ou ruim para ninguém. Estamos por nossa própria conta. Deus ou o demônio somos cada um de nós mesmos.
Cabe a nós decidirmos se queremos viver num paraíso ou num inferno.

sexta-feira, 26 de julho de 2013

O Papel das mulheres no plano de Deus?


Essa página no link abaixo:

O Papel das mulheres no plano de Deus
http://www.estudosdabiblia.net/d31.htm

me levou a essa postagem.

Bem, sou agnóstico e portanto não tenho certeza nenhuma da existência ou não de um Deus, mas definitivamente não creio que ele tenha escrito tais asneiras (além de várias outras) acerca das mulheres.

Aceitar a possibilidade de um Deus, eu acho compreensível (embora não veja evidencia alguma de um Deus interventor,cuidador, que ame ou odeie, premie ou castigue... ), mas crer nos livros sagrados (todos
eles), como verdades absolutas vinda de Deus, somente sendo muito ingenuo, crédulo, desinformado, não tê-la lido com senso crítico e isenção, e sem capacidade de discernimento.

A Bíblia (e demais livros "sagrados") foi escrita por homens sem nenhuma interveniência de Deus, e atribuída a Deus; durante um longo período e vastamente editada e revisada, ou melhor, adulterada para a melhor conveniência de seus "autores".
Quanto mais pessoas tomarem consciência disso melhor para todos, para o progresso da humanidade.

Já me perguntaram por que, já que não acredito em Deus (não sabem a diferença entre ateu e agnóstico), me preocupo tanto com religião.
Bem, eu não me importaria se religiosos não quisessem impor os valores distorcidos/malignos (misóginos/machistas, homofóbicos, anti-ciência, intolerantes, violentos, preconceituosos, absurdos, etc...)
contidos em seus livros "sagrados" ao nosso dia-a-dia, às nossas leis, senão quisessem que todo o restante da sociedade se submetessem às suas leis e dogmas. As vezes até com o uso de violência como já fizeram no passado (e ainda fazem alguns países, e também algumas pessoas mesmo em países não teocráticos). E tudo isso travestido de "amor", para nossa "salvação"; quer queiramos ou não.

Me preocupo, contesto, luto contra a imposição de um regime teocrata, que em geral podam as liberdades individuais, o direito de divergir. Um governo deve ser voltado para o homem, para o bem estar do ser humano e não para o satisfação de um hipotético Deus [qual Deus(es)?].

Acredito, também, que religiões podem ser perniciosas as sociedade/pessoas (principalmente as mais pobres e com pouca ou nenhuma formação/educação) por estagna-las, torna-las improdutivas, passivas,
acomodadas, sem iniciativa, não proativas, pois segundo as religiões majoritárias, "Deus está no comando", "nada ocorre que não seja vontade dele", "o que deus reservou para nós ninguém/nada pode impedir",
"entregue na mão de Deus", etc.
Vide passagens como essa da bíblia:

" Por isso vos digo: Não andeis cuidadosos da vossa vida pelo que haveis de comer ou beber, nem do vosso corpo pelo que haveis de vestir; não é a vida mais que o alimento, e o corpo mais que o vestido?
Olhai para as aves do céu, que não semeiam, nem ceifam, nem ajuntam em celeiros, e vosso Pai celestial as alimenta; não valeis vós muito mais do que elas?
Qual de vós, por mais ansioso que esteja, pode acrescentar um cúbito à sua estatura?
Por que andais ansiosos pelo que haveis de vestir? Considerai como crescem os lírios do campo: eles não trabalham nem fiam,
contudo vos digo que nem Salomão em toda a sua glória se vestiu como um deles.
Se Deus, pois, assim veste a erva do campo, que hoje existe, e amanhã é lançada no forno, quanto mais a vós, homens de pouca fé?
Assim não andeis ansiosos, dizendo: Que havemos de comer? ou: Que havemos de beber? ou: Com que nos havemos de vestir?
(Pois os gentios é que procuram todas estas coisas); porque vosso Pai celestial sabe que precisais de todas elas.
Mas buscai primeiramente o seu reino e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas.
Não andeis, pois, ansiosos pelo dia de amanhã, porque o dia de amanhã a si mesmo trará seu cuidado; ao dia bastam os seus próprios males."

- Mateus 6:25-34 -

Essa ideologia, tem um poder extremamente nocivo, principalmente nas camadas mais desfavorecidas das sociedades, que costumam aceitar sua condição como sendo vontade de Deus e/ou que basta ter fé que Deus irá recompensá-la, senão nessa, na outra vida (que, também, não possui nenhuma evidencia de sua realidade). Essas pessoas costumam até pensar que sofrer, passar necessidades é bom, teste de Deus. Creem que ter fé é o suficiente para se obter o que lhes falta.

Religiões se bem usadas podem até ser um instrumento de bondade, de auxilio ao próximo, cooperação, enriquecimento conjunto; mas podem, também, ser um instrumento de disseminação do ódio, intolerância,
segregação, exploração, empobrecimento material e intelectual, enriquecimento ilícito. Infelizmente, em geral, a segunda alternativa é mais comum.

Espero que tenham entendido que isso é uma mentira. Não existe nenhum livro que possua a palavra de Deus. Esses textos da Bíblia (e demais livros "sagrados") só tem a intenção de subalternizar, escravizar a nós todos, mas principalmente as mulheres. Convencê-las de que são inferiores aos homens, o que é um absurdo, um crime contra vocês mulheres que são tão dignas, capazes quantos os homens (algumas até mais).  Liberte-se de religiões. Busque apenas uma vida voltada ao bem comum, por amor ao seu próximo e a si mesmo. Religião te escraviza, te explora, te limita intelectualmente, tolhe sua liberdade de expressão e pensamento. Sejam livres, justos(as) e bons(as).

quarta-feira, 26 de junho de 2013

Direitos versus Religião


Querida (aplica se aos "Queridos", também, mas principalmente as mulheres, pois elas é que foram/são em geral mais vitimadas pelo poder estabelecido)!

- Você toma anti-concepcional?
- Faz (ou já fez) sexo sem ser casada(o)?
- Usa camisinha?
- Concorda com fertilização artificial (ou até já fez uso de alguma dessas técnicas)?,
- Acha que nenhum filho é um bastardo e merece todos os direitos daqueles gerados dentro do "sagrado matrimônio"?
- etc, etc, etc.

Então agradeça por esses direitos a pessoas como eu, anti-religiosas, agnósticas, ateias, humanistas acima de tudo.
Pois a depender das religiões/religiosos você não teria esses direitos e provavelmente estaria com uma duzia de filhos pra criar, ou escorraçada(o) da sociedade como um pária.

Portanto pense muito bem antes de defender, votar e querer instaurar um governo de "homens/mulheres de Deus", um governo do Senhor (uma teocracia).

Senão fossem pelos humanistas e a parte da sociedade que se opuseram e lutaram (e muitos até deram suas vidas) contra as ordens oriundas das religiões/religiosos e de seus livros de mitologias que eles denominam de "sagrados", muitos dos seus direitos humanos/cíveis hoje não existiriam.

E muitos poderão não existir se pessoas que põem o fato de serem religiosos, "tementes a Deus", submissos primeiramente à "Bíblia Sagrada" em detrimento à Constituição, à Declaração Universal dos Direitos Humanos", como uma virtude, uma qualidade, que os tornam naturalmente mais dignos, mais merecedores de governar, legislar; como se professar uma religião os tornassem humanos mais honestos, infalíveis (pois iluminados/orientados por Deus), justos, tomarem o poder.

E me restringi mais aos direitos de alguma forma relacionados a sua vida sexual (privada e única e exclusivamente de sua conta e seu(s) parceiros(as)).
Mas não nos esqueçamos de outras lutas que tivemos que travar:
- Heliocentrismo;
- Transfusão de sangue;
- Transplante de órgãos,
- Divorcio;
- etc, etc, etc,.

e travamos com os "homens de Deus"
- Evolucionismo
- Pesquisas com Células-Tronco;
- etc, etc, etc;

e ainda travaremos.

Em primeiro vem a dignidade humana. Devemos servir a nós, à raça humana. Seres superiores, divinos, não precisam que vivamos em função de suas "felicidades e necessidades". Vivamos em função da felicidade e necessidades de nossos irmãos humanos. Nós é que sofremos fome, dor, doenças... Seres onipotentes não creio que sofram os mesmos males.

Você ter uma religião e seguir seus preceitos, se isso te traz paz, alento, felicidade, coragem, equilíbrio, e não fere os direitos de outrem, não é problema algum e não me incomoda de forma alguma e nunca moveria um dedo para lhe tolher esse direito, esse bálsamo em sua vida.
Mas querer impo-la e seus valores/leis a mim ou aos demais, aí é um problema para mim e farei tudo ao meu alcance para impedi-lo disso.

quarta-feira, 20 de março de 2013

Xenofobia

Você tem dois quilos de carne na sua casa e um quilo de arroz. Aí vem alguém (um vizinho talvez), invade sua casa e rouba seus dois quilos de carne. Quando a fome bate e você vai preparar sua refeição e de sua família, você percebe que não tem mais carne para você preparar, somente o arroz. Você faz só o arroz e todos se alimentam somente do arroz. Mas obviamente todos continuam famintos e mal nutridos. Aí você sente o cheiro do churrasco, feito com a sua carne, vindo da casa do vizinho. E resolve bater à porta do vizinho e pede um pedaço de carne (a sua carne que lhe foi roubada) e ele nega e bate a porta na sua cara. Aí você e outros integrantes da sua família (seus filhos por exemplo) resolvem pular o muro dos fundos e comer do churrasco (feito com sua carne), também. Os moradores chamam a policia e te acusam de querer roubar o sustento deles. E os policiais te expulsam, te espancam, te prendem, te matam, para impedir que vocês, um bando de ladrões, roubem o sustento de uma família de bem.

É meio assim que eu vejo a xenofobia dos países ricos contra os imigrantes oriundos dos países pobres. Eles são contra os imigrantes (pobres), mas não falam nada da exploração que eles cometeram e cometem em vários países na África, América latina, Ásia, e demais países pobres. Eles sugam esses países, mas não querem ninguém desses países explorados lá no pais deles usufruindo das riquezas que eles roubaram.

sábado, 23 de fevereiro de 2013

Gênios e Deus

Indico abaixo uma pagina com um artigo que achei bem interessante.

"Os maiores gênios da história da humanidade acreditavam em Deus."

Recomendo mais ainda o artigo já quase no fim da pagina:

"Sete razões por que um cientista acredita em Deus"
Por A. CRESSY MORRISON
Ex-presidente da Academia de Ciências de Nova York.

Não chequei a veracidade de todas as citações/informações, portanto não assino embaixo das mesmas.
E como é de conhecimento de todos, ou deveria, a internet é farta de material mentiroso, desonesto, capcioso, deliberadamente mal intencionado, etc; e repleta de frase atribuídas erroneamente a autores que nunca as disseram, tanto por ignorância de quem as dissemina quanto por motivos escusos por parte de quem as publica.

Vejam bem; uma coisa é aceitar a possibilidade (não a certeza cega, absoluta, inquestionável...) de uma inteligência superior (dê-se o nome que se queira dar), outra é acreditar em bíblias (e demais livros sagrados) que contenham a sua palavra, sua verdade absoluta, inquestionável, imutável (nisso, eu não acredito mesmo. E não acredito por que a li (a bíblia cristã). E li não somente partes selecionadas pelos outros, ao contrário de muitos fieis, mas toda ela).
Mas não me peçam pra citar de cabeça trechos/capítulos/livros inteiros da bíblia, por que não serei capaz. Eu a li ao longo dos anos, e não a decorei. Muita coisa já esqueci. Não tenho memória fotográfica. Mas sua essência, sua ideia geral eu apreendi, como aliás é o que, em geral, ocorre com todos os livros que lemos, não?! Alguns livros nos marcam mais e guardamos mais de seu conteúdo, e alguns até esquecemos totalmente, não lembramos nem o título.
O Deus da bíblia está muito mais para um humano com superpoderes, com todas as suas virtudes e defeitos do que um ser de inteligencia, justiça infalíveis e principalmente amor incondicional pela humanidade .
Menciono e cito/baseio-me muito mais na bíblia cristã por que foi a cultura/religião em que fui doutrinado/criado e foi o livro que li (e ainda leio por vários motivos); embora trechos que li dos demais, como o alcorão, a torá, etc; me levaram a mesma conclusão: de que não são obras de autoria/inspiração divina, mas apenas livros escritos por homens e atribuídos a Deus (por vários motivos, muitos deles escusos)

RADEISIS: OS MAIORES GÊNIOS DA HISTÓRIA DA HUMANIDADE ACREDITAVAM EM DEUS.

http://radeisis.blogspot.com.br/2011/09/os-maiores-genios-da-historia-da.html


quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013

Aldous Huxley - Entrevista - 18/05/1958

Aldous Huxley - Entrevista em 18/05/1958, legendada em português

Aldous Huxley (escritor) Autor de Admirável Mundo Novo (legendado) (pt-BR)

 http://www.youtube.com/watch?v=H5H3-hgmWj0


terça-feira, 29 de janeiro de 2013

Barack Obama - Discurso sobre religião

Barack Obama - Discurso sobre religião

http://www.youtube.com/watch?v=e0W3l_JUkGY

 

Converter som DTS para AC3

Converter som DTS para AC3

Algumas dessa novas TVs de LCD/LED, etc e também Tablets/Telefones, e outros aparelhos tipo Blu-ray players, etc, não reproduzem o som de alguns videos/filmes com áudio em DTS, em geral pelas suas portas USB.
Resolva isso convertendo o som em DTS para AC3 preservando todos os canais de audio original.
Use o software gratuito MKV2AC3. Ele mantem a trilha de áudio original e gera uma segunda trilha de áudio em AC3.
Baixe a versão correspondente ao seu sistema operacional, 32bits ou 64 bits ( na página, em "More download options" tem o link para 64 bits).

Antes de converter um áudio  vá na aba "Audio Options" e marque, caso já não esteja, "Keep Original Streams", pra ele manter as trilhas originais.
A conversão é ate rápida, aqui em geral uns 25 min. para videos com umas  2:00 hrs de duração.

Página para download:
http://www.videohelp.com/tools/MKV2AC3

Tradução da descrição do programa no site:
"MKV2AC3 é uma ferramenta simples que converte MKV com DTS para MKV com áudio AC3. Faz  conversão em lote. Ele só aceita fontes MKVs (por enquanto) e transforma: DTS -> AC3 AAC -> AC3, AC3 -> AC3 (normalizado)."

Minhas configurações ficam assim:





sexta-feira, 25 de janeiro de 2013

Soylent Green é gente!

Soylent Green é gente!

Não precisamos e nem devemos viver segundo livros de regras, leis, normas..., imutáveis, inquestionáveis, inalteráveis, sagrados.
Precisamos, sim, viver sob regras, leis, normas, para que não nos matemos, não nos estupremos, não nos espanquemos, não nos roubemos, não nos exploremos...
Mas sob um conjunto de regras, leis, normas, que podem ser alteradas, questionadas, melhoradas e até eliminadas, a medida que percebamos sua incoerência, sua estupidez, sua crueldade, sua maldade, sua desumanidade, sua injustiça. Buscando a cada dia um mundo mais justo, mais solidário, mais próspero a todos.
Se não pudéssemos questionar, rever, mudar, eliminar, buscar melhorar as normas que regem nossas vidas em sociedade, poderíamos estar ainda escravizando pessoas, apedrejando adulteras e estupradas, matando em legítima defesa da honra, segregando raças, impedindo o acesso a educação, queimando pessoas em fogueiras...; tudo sob os auspícios da lei.

Imutável, deve ser a coragem para bradar a todos que:
Soylent Green é gente!